Não é possível dissociar golpe contra Dilma, Lava Jato e eleição de Bolsonaro

Luis Felipe Miguel

Folha de S.Paulo, 8.mai.2021


Em réplica a artigo de Joel Pinheiro da Fonseca, cientista político afirma que a 'direita moderada', à qual o colunista da Folha diz se filiar e que, agora, renega Bolsonaro, deveria fazer autocrítica e condenar a Operação Lava Jato e o golpe representado pelo impeachment de Dilma Rousseff se tivesse apreço à democracia e ao Estado de Direito.



Fale conosco: ceciliaheise46@gmail.com