The Political Construction of Brazil

2017. An encompassing analysis of Brazil’s society, economy and politics since the Independence. A national-dependent interpretation. Three historical cycles of the relation state-society: State and Territorial Integration Cycle (1822-1929), Nation and Development Cycle (1930-1977) and Democracy and Social Justice Cycle (1977-2010). Crisis since then. (Book: Lynne Rienner Publishers)

Mais informações

Macroeconomia Desenvolvimentista

2016. With José Luis Oreiro e Nelson Marconi. Our more complete analysis of Developmental Macroeconomics – the central economic theory within New Developmentalism. (book)

Mais informações

Bons artigos que li recentemente


Documentos 2821 a 2880 de 2954



"Não somos indianos agachados", diz Werneck Vianna

2006. Ricardo Musse faz bela entrevista





Eles registraram o Brasil real, com grande angular

2006. Foot Hardman dá sua visão.



Lance de dados

2006. Jorge Coli escreve sobre "Ponto Final".



The great divide

2006. Fascinating essay by Ram-Prasad.



A invenção do Carnaval

2006. Leia o belo artigo de Pierucci.



A realidade do Estado nacional

2006. Miguel Reale escreve sobre Estado nacional.



O sagrado e o racional

2006. Helio Jaguaribe escreve sobre caricaturas de Maomé.



Queda do risco-Brasil e a taxa interna de juros

2006. Nakano mostra como baixar os juros.





Náusea em Londres

2006. Rorty discute romance de McEwan.



A ruína do Estado postiço

2006. Magnoli mostra seu significado (Article: Folha de S. Paulo).



Movimento social e lei de ferro da oligarquia

2006. Critica original de Ricardo Abramovay.



Não existe almoço grátis

2006. Leia visão lúcida de Glaucio Dillon Soares



Declining populations

2006. Dois artigos do The Economist.



O império ataca

2006. Eliane Cantanhêde escreve sobre a Embraer.



Assim caminha a humanidade

2006. Bernardo de Carvalho escreve sobre incertezas.



JK avaliado

2006. Nassif avalia com objetividade JK.



Erro de cálculo dos custos da guerra

2006. Stiglitz calculou custos da Guerra do Iraque. (artigo de Martin Wolf)



Quem conhece aprova

2006. As organizações sociais são a solução para a saúde pública em São Paulo. Luiz Roberto Barradas Barata afirma "Quem conhece aprova".





It may be beyond passé - but we'll have to do something about the rich

2006. Jonathan Freedland escreve sobre os ricos na Inglaterra.



Juros altos e câmbio destroem indústria, afirma economista

2006. Interview of Gabriel Palma on the high interest rate in Brazil. (Folha)



Um bicho que se inventa

2006. Ferreira Goulart escreve sobre um bicho que se inventa.



Um sonhador

Milton Hatoum escreve "O Sonhador".





O fim do ano e o medo de perder

2005. Contardo Calligaris escreve sobre o Nobel de economia.



Um maravilhoso brinde no esgoto

2005. Gilberto Dimenstein escreve sobre a revitalização de São Paulo.



Os homens e as coisas

2005. Bernardo Carvalho resenha livro de antropologia.



Montreal, sucesso ou fracasso?

2005. José Goldemberg avalia a reunião de Montreal.



A responsabilidade de Amorim na OMC

2005. Sérgio Leo escreve sobre um homem público.



Aluno da rede pública é melhor na Unicamp

2005. Nota dos estudantes da rede pública na Unicamp foi superior à dos da escola privada em 29 dos 55 cursos analisados no primeiro semestre.



O labirinto da cidade-cultura

2005. "Labirinto da cidade-cultura" - Titulo do belo artigo de Nicolau Sevcenko.



Os críticos e os críticos da política econômica

2005. Cardim mostra que o que está errado é o 'regime' de política econômica.



Liquidez, câmbio e juros

2005. A política de proteção de uma taxa de câmbio real competitiva, mediante intervenções e controles sobre a conta de capital, constituiu-se em um fator crucial para o sucesso do modelo asiático de crescimento acelerado. Os chineses não têm preconceitos contra os modernos instrumentos de hedge e os utilizam para promover movimentos suaves e cuidadosos nas taxas de câmbio e de juros.



O impeachment que não houve

2005. Demétrio Magnoli: "O impeachment que não houve".



Prêmio Nobel Harold Pinter faz críticas a Bush e Blair em vídeo

2005. Prêmio Nobel Harold Pinter faz críticas a Bush e Blair em vídeo.





Em nome da vida

2005. Luiz Roberto Barroso escreve com clareza sobre o tema.





Governo Complicado

2005. Delfim Netto explica porque Pallocci quer aumentar o superávit primário.



O governo eletrônico de São Paulo

2005. Nassif descreve a grande realização de Yoshiaki Nakano.



Estudo diz que país optou por

2005. Leda Paulani pesquisa remessa de lucros e juros.



Distribuição de renda, justiça e eqüidade

2005. José Eli da Veiga escreve sobre distribuição de renda.



Sempre na contramão

2005. Benjamin Steinbruch mostra o Brasil na contramão.



Dinheiro público alimentou o mensalão

2005. Matéria da Folha sobre o processo criminoso que levou pelo menos R$10 milhões do Banco do Brasil para o PT.



Um por todos e todos por um

2005. Ferreira Gullar, o grande poeta, mostra o papel de Lula.





Um projeto temerário

2005. Luiz Nassif apresenta novos argumentos contra o projeto.



Remarks Receiving the Truman Medal Award

2005. Greenspan fala da incerteza na política macroeconômica.





O referendo e os direitos de cidadania

2005. Fernando Abrucio escreve 'O referendo e os direitos de cidadania'.



A vitória da empulhação e do PT

2005. Marcelo Coelho escreve "A vitória da empulhação e do PT". (10.05)



Dinheiro sujo tira o capitalismo do rumo

2005. Baker e Nordim escrevem sobre a corrupção intrínseca do capitalismo.



Pelo "Sim" no referendo

2005. Leia o editorial da Folha defendendo o "Sim" no referendo do desarmamento. (9.10.2005)



Fantástica Fábrica

2005. Otavio Frias Filho escreve sobre a "Fantástica Fábrica de Chocolate" - ou de Capitalismo. (9.10.2005)



O elogio da incerteza

2005. Carlos Fuentes escreve sobre os romances e a verdade incerta. (9.10.05)



Um novo índice

2005. Propriedade intelectual: Joaquim Falcão discute o problema. (Folha de S. Paulo)



Tem limite?

2005. Chico de Oliveira e Laymert Garcia escrevem indignados.



Economia global já pode estar no abismo

2005. Martin Wolf escreve sobre petróleo e a crise que está para se desencadear. (9/05)




Fale conosco: ceciliaheise46@gmail.com