Bolsonarismo é a mais perversa máquina de destruição de nossa história republicana

João Cezar de Castro Rocha

Folha de S. Paulo, 8 de agosto de 2020


Professor argumenta que o bolsonarismo, ao contrário do que dizem seus críticos, é um poderoso sistema de crenças resultante do encontro de três fatores: a Doutrina de Segurança Nacional, um livro secreto da ditadura e a pregação de Olavo de Carvalho. A combinação, diz, articula uma visão de mundo bélica, expressa numa retórica de ódio alimentada por teorias conspiratórias, que precisa ser decifrada para ser superada.



Fale conosco: ceciliaheise46@gmail.com