Legado de Stálin volta a inflamar debates na esquerda

Juliana Sayuri

Folha de S.Paulo, 19.12.2019


Discussões sobre o legado do líder da antiga União soviética agiram setores de esquerda no Brasil e em outros países. Enquanto uma ala defende méritos do revolucionário comunista no combate contra os nazistas, outros veem a negação de seus crimes como terraplanismo ideológico.
     

Fale conosco: ceciliaheise46@gmail.com