The Political Construction of Brazil

2017. An encompassing analysis of Brazil’s society, economy and politics since the Independence. A national-dependent interpretation. Three historical cycles of the relation state-society: State and Territorial Integration Cycle (1822-1929), Nation and Development Cycle (1930-1977) and Democracy and Social Justice Cycle (1977-2010). Crisis since then. (Book: Lynne Rienner Publishers)

Mais informações

Macroeconomia Desenvolvimentista

2016. With José Luis Oreiro e Nelson Marconi. Our more complete analysis of Developmental Macroeconomics – the central economic theory within New Developmentalism. (book)

Mais informações

Taxa de câmbio, doença holandesa, e industrialização

Luiz Carlos Bresser-Pereira

Cadernos FGV Projetos, 5 (14): 68-73. Intervenção no Seminário patrocinado por FGV Projetos e pela Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas, Perspectivas da Taxa de Câmbio 2010, São Paulo, 5 de março de 2010.


Embora seja uma economia sólida, o Brasil vive um processo de desindustrialização. Dados mostram que o país está perdendo capacidade exportadora e competitividade. Para o professor de economia e teoria política e social da Fundação Getúlio Vargas, Luiz Carlos Bresser-Pereira, este quadro acontece, principalmente, devido à alta valorização da taxa de câmbio. Ele defende que a taxa de câmbio é controlada pela crise de balanço de pagamentos e que a taxa de equilíbrio real da economia brasileira é a taxa de câmbio de equilíbrio industrial. A doença holandesa, uma falha de mercado que atinge quase todos os países em desenvolvimento, é um assunto que foi bastante explorado por Bresser-Pereira em sua conferência, como um problema que pode se agravar com a exploração do pré-sal e que não está sendo enfrentado pelo nosso país. A excessiva entrada de capitais no Brasil, a política de crescimento com poupança externa e o populismo cambial baseado em taxa de câmbio apreciada são outros fatores citados como responsáveis pela tendência que dificulta ou inviabiliza a industrialização e o crescimento do país.


Fale conosco: ceciliaheise46@gmail.com